Leia artigo sobre o livro “Aos pés de Batman”, de Joaquim Paiva

A poética do simulacro: a dialética homem versus visão em “Aos pés de Batman”, de Joaquim Paiva.

Flavio Pereira Senra 

(Doutor em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro; Docente de Língua Portuguesa e Literaturas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, campus Duque de Caxias)

e

Rafael Ottati

(Doutorando em Literatura Comparada, pelo Programa de Pós-Graduação Ciência da Literatura (UFRJ). Bolsista do CNPq)

“Aos pés de Batman”, obra do diplomata e fotógrafo Joaquim Paiva, reúne poemas que transgridem o uso tradicional da linguagem e das convenções do texto poético, como a ausência de pontuação e a subversão da sintaxe. Ademais, há um entrecruzamento de gêneros discursivos. Para tal, o eu-lírico utiliza elementos da arte fotográfica, como o zoom, além de recursos estilísticos que permitem uma análise à luz da discussão contemporânea sobre os simulacros platônicos, sob o viés de Gilles Deleuze. Palavras-chave: simulacro; Joaquim Paiva; interdiscursividade; multifocalidade.  

Leia na íntegra em:

Na edição:

Outra edições no link da Revista Acadêmica:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s