Versos do poema Identidade, de Laura Figueiredo

Não há ninguém…

Nem sombras de quem fui

Nem de quem sou

E nem de ninguém.

14469582_1155303574516797_1889039883154668515_n

Para adquirir, acesse:

http://www.todasasmusas.org/

Mais informações:

todasasmusas@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s