A Lira Assassina de Orfeu – Fernanda Verdasca Botton

A Lira Assassina de Orfeu
Bernardo Santareno e os intertextos de O inferno
Fernanda Verdasca Botton
(Doutora em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Professora de Teoria Literária, Literatura Brasileira e Portuguesa da Universidade do Grande ABC)

ou
ou pelo e-mail: todasasmusas@gmail.com

 

Anúncios

Um pensamento sobre “A Lira Assassina de Orfeu – Fernanda Verdasca Botton

  1. Com a paciência e rigor beneditinos de pesquisadora vocacionada Fernanda Verdasca Botton localizou, leu e discutiu os textos referidos por Santareno. Sua Lira Assassina de Orfeu encanta-nos à medida que o lemos. Ainda mais desbastada, nessa versão da tese, do rumor farfalhudo e da sombra soporífera das folhas acadêmicas.

    Trata-se da dramatização de um julgamento, em que o leitor, convidado a fazer parte do júri, deve seguir atentamente o processo, pelas mãos e argumentos de Fernanda Verdasca Botton – nossa guia, à Dante, aos infernos de Santareno.

    E, quando o Juiz de sua consciência indagar quem é o culpado pelo crimes perpetrados – a Sociedade ou a Genética – dê seu veredicto.

    Sem nenhuma razoável dúvida. Como a desejava Santareno. Para que seu espírito, conflituosa e dolorosamente dilacerado entre o marxista e o psiquiatra, pudesse, catolicamente, repousar em paz no dia 30 de agosto de 1980.

    Francisco Maciel Silveira (Do prefácio)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s